Trocas de Categoria

As trocas de categoria na carteira de habilitação podem ocorrer por diferentes motivos, como um novo emprego, por exemplo, que precise da mudança para deixar o motorista apto para conduzir um determinado veículo, como ônibus e caminhões. Entretanto, assim como para a adição de categoria, as trocas de categoria exigem que o condutor passe pelos diferentes processos para garantir a sua aptidão para dirigir, evitando acidentes e multas.É possível realizar as trocas de categoria:

  • De B para C – é necessário que o condutor esteja habilitado há pelo menos um ano na categoria B e não tenha cometido nenhuma infração considerada grave ou gravíssima nos últimos doze meses;
  • De C para D – é necessário que o motorista tenha ao menos 21 anos, sendo um deles na categoria B e um na C, sem ser reincidente em infrações ou ter levado multas graves ou gravíssimas no último ano;
  • De B para D – é necessário que o motorista tenha ao menos 21 anos, sendo dois deles na categoria B, sem ser reincidente em infrações ou ter levado multas graves ou gravíssimas no último ano;
  • De D para E – a idade mínima é também de 21 anos, com experiência de um na categoria D ou dois na C, com as mesmas condições das outras trocas: sem infrações graves ou gravíssimas e reincidências durante doze meses.

Conheça mais sobre as trocas de categoria

Para entender melhor sobre o processo de trocas de categoria, os documentos necessários e as etapas até a aprovação, entre em contato com a Autoescola França, um local conceituado que é reconhecido na região de Santo André pela formação de condutores que são conscientes de suas responsabilidades no trânsito. Não perca tempo e saiba mais!

Orçamento Rápido!

X

Fale conosco no whatsapp